Por onde anda Sérgio Bocca?

Ao abordar a volta da rádio Excelsior através da internet, a Excelsior Web, em post anterior, referi-me a alguns locutores, entre eles Sérgio Bocca. Trata-se de um locutor que possuía um programa na rádio Globo FM e também atuou na rádio Excelsior. Sua voz metálica e romântica embalou a noite de muitos ouvintes, alguns dos quais , naquele post anterior, me perguntavam por onde andava o famoso locutor.

Sérgio Bocca, hoje, trabalha na TV Com, canal 22, de Assis-SP.  No vídeo acima, ele relata suas atuais atividades. Com vocês, Sérgio Bocca! A propósito: o link para a rádio Excelsio Web está inativo; não sei o que ocorreu.

Anúncios

Rádio Excelsior, a Máquina do Som, renasce via Web

Antônio Celso Cipolla é locutor de rádio com 50 anos de carreira. Iniciou na Jovem Pan em São Paulo, foi dublador da AIC/SP, mas foi no período de 1968 a  1980 seu auge profissional, quando comandou uma superequipe de locutores na Excelsior AM, agitando os dias e as noites do público jovem.  De tanto sucesso, a emissora chegou a licenciar seu nome para batizar long-plays (LPs) da gravadora Som Livre.

Agora, Cipolla está relançando a rádio em versão Web. Nesta empreitada estão vários companheiros da época. Quando adolescente, eu costumava ouvir rádios do Rio e de São Paulo via ondas curtas. Na época, sem Internet e outras mídias mais modernas, era a forma que encontrava para ficar por dentro das músicais mais recentes, pois os lançamentos ocorriam primeiro no circuito Rio-São Paulo. A Excelsior era uma das minhas preferidas.

Acesse e curta o som da rádio!

Update: O link que publiquei há alguns anos, infelizmente, não está mais disponível, mas preservo o post acima em homenagem aos que fizeram uma das melhores rádios FM do país.

Luciano Seixas, a Voz do Brasil

LucianoSeixas

 

Em 1985, quando cursávamos Comunicação Social no Uniceub, em Brasília, eu e um amigo chamado Luciano nos divertíamos nas tardes de sábado, gravando um programa chamado Audioclip, projeto que pretendíamos apresentar às rádios da cidade, que misturava mpb e jazz-rock. Nosso equipamento de gravação era um 3 em 1 National, que dispunha de dois microfones que podiam ser mixados ao toca-discos e que gravávamos em fita cassete no próprio equipamento.

 

Luciano também ajudava nosso amigo William nos eventos do Colégio Stela Maris, em Taguatinga. William operava equipamentos de sonorização enquanto Luca emprestava sua voz às informações que necessitavam ser divulgadas. Às vezes William levava os equipamentos para sua residência e nós três produzíamos versões mais profissionais do programa Audioclip.

Divertida era a minha pretensão em ser locutor, já que não possuía voz impactante para o meio rádio. Já Luciano tinha timbre forte o suciente para ir longe na profissão. E foi.

Em pouco tempo, Luca  já era locutor da extinta Atlântida FM, passando, depois, pelas rádios FM Jornal de Brasília, 105, Atividade e Jovem Pan. De Toninho Pop, produtor de rádio, recebeu o nome artístico Luca Sbrebow, que adotou e com o qual ganhou a vida em rádios e festas da cidade. Simultaneamente, Luciano engajou-se como locutor da Radiobrás, sempre entusiasmado com o meio. Hoje, Luciano Seixas é o locutor oficial do programa A Voz do Brasil e Café com o Presidente. Em 30 de setembro de 2008, recebeu o título de Cidadão Honorário de Brasília. Apesar de carioca de origem, Luca é um exemplo de cidadão e profissional que ama a cidade. Um título merecido para um profissional dedicado!