Kuat adota head dance em ação promocional

No último domingo, 17, estive em Goiânia para conhecer a famosa feira hippie, que hoje conta com mais de 6 mil expositores vendendo produtos a preços populares. Na hora do almoço, dirigi-me ao tradicional Flamboyant Shopping e surpreendi-me com a ação promocional do refrigerante Kuat na praça central. Uma equipe de promotores oferecia ao público a possibilidade de brincar com a tecnologia head dance, na qual, mediante o processo conhecido como chroma-key, a imagem da cabeça dos participantes se sobrepõe a imagens em movimento produzidas em animação (templates, lê-se “tempileits”). O resultado, invariavelmente, era divertido, pois tanto grupos de amigos, namorados e famílias se revezavam no estúdio verde para balançar suas cabeças ao som de músicas animadas e enquadrados nas imagens. Eu não podia ficar de fora. Junto com minha esposa, encarnamos “Los Lobos” e atacamos de La Bamba. Além da brincadeira, os participantes recebem, após a gravação um DVD com seu desempenho no vídeo.  Além disso, em um outro estúdio, uma fotógrafia produzia fotos que, em montagem com imagens de fundo do guaraná, eram entregues aos “modelos”. Não poderia faltar, claro, degustação do refrigerante. Sem dúvida, uma ação de marketing experimental divertida e envolvente. Pontos para a Coca-Cola Company.  A ação ficou a cargo da Dance Heads (fone: 21-2286-1978).

Ferrari lança parque temático em Abu Dhabi

Que os Emirados Árabes estão se transformando na “meca do consumo” ninguém duvida. Quem aposta suas fichas na região, especialmente em Abu Dhabi, é a Ferrari, que abrirá na cidade, em 27 de outubro, um parque temático. O parque, que recebe os últimos retoques para a inauguração, contará com montanha russa, simuladores de corrida e uma espécie de bote flutuante que passará por dentro do local. É mais uma investida da marca em um região onde está seu target. Assista o vídeo e confira!

Lojas abandonadas são transformadas em hotel de luxo na Itália

Uma rede italiana de hotéis descobriu uma maneira criativa de crescer em meio à crise econômica: transformando lojas abandonadas no centro de Milão em quartos de luxo. O hotel fica no andar térreo de um prédio construído nos anos 1930 perto do centro da cidade e ocupa as quatro lojas que, juntas, formavam as instalações de um antigo escritório de administração financeira. Agora, no lugar de mesas e escrivaninhas, estão uma cama, a cozinha, uma bancada, o armário e um banheiro. Segundos dados da prefeitura, a cidade de Milão perdeu cerca de 500 lojas no ano passado. As vitrines fechadas são um sinal claro dos tempos difíceis. De acordo com a União do Comércio de Milão, 15 joalherias, 18 padarias, 80 lojas de roupas e 47 papelarias fecharam as portas no ano passado. A Região da Lombardia deve injetar no mercado cerca de 200 milhões de euros para ajudar as pequenas e médias empresas em dificuldades. Parte deste incentivo poderá ser usado para retomar as atividades suspensas ou mudar de ramo. A conversão destes espaços em quartos de luxo pode ser uma resposta criativa para o momento, segundo as autoridades municipais. “Novos espaços urbanos testemunham a identidade de uma cidade. Neste caso estamos apostando na inovação e na experimentação”, declarou o secretário de Turismo, Massimiliano Orsatti. (Fonte: UolViagem)

Loja no Canadá vira de ponta cabeça em campanha publicitária

Uma loja de roupas no Canadá decidiu inovar em sua campanha publicitária. Para anunciar o lançamento de seu novo programa de fidelidade, uma unidade da GAP em Vancouver virou tudo de ponta cabeça. O programa tinha o slogan “Shopping turned on its head”, algo parecido com “compras te deixam maluco”, em português. E era esta a sensação que quem passava em frente a loja tinha, de que enlouqueceu.  Durante a noite, a agência de publicidade Cossette West coordenou a ação de deixar tudo de cabeça para baixo: sacolas, cartazes, produtos e 32 manequins. Foram 12 horas para completar a transformação, que excedeu os limites da loja. Quem passava por ali via também três carros e um carrinho de cachorro quente totalmente virados. A loja ficou assim durante 45 dias. Um vídeo no YouTube mostra como ocorreu a transformação. (Fonte: ÉpocaNegócios)

Abril utiliza páginas digitais para experimentação de suas revistas

ExperimenteAbril

A tecnologia de páginas digitais da empresa Digital Pages é a novidade da Editora Abril para oferecer a experimentação de seus produtos aos potenciais assinantes. Em endereço específico, a empresa oferece, mediante um breve cadastro, a possibilidade do internauta acessar gratuitamente algumas páginas da revista que escolher dentre o portifólio da editora. A nova modalidade de degustação é mais uma tática da empresa para incrementar sua base de assinantes e, assim, captar mais anúncios. Acesse e confira!