Jean Michel Jarre se reinventa com “Electronica”

A dinâmica dos novos tempos vem exigindo dos artistas modernos uma permanente reinvenção. Este é o caso do tecladista e arranjador francês Jean Michel Jarre, um dos pioneiros da música eletrônica nos anos 70 e que vem, década após década, surpreendendo e se adaptando à cena musical do momento.

Decidido a dar uma nova roupagem à sua música, Jarre convidou diversos artistas com quem se identifica para produzir o novo álbum intitulado “Electronica”, onde apresenta o resulta de uma pesquisa produzida com gente do quilate de Vince Clarke, Armin van Buuren, Pete Townshend, Moby, Tangerine Dream, John Carpenter, Little Boots e muitos outros.

Assista o trailer e confira a qualidade do resultado. Você vai se surpreender!

 

Por que youtubers fazem sucesso?

Se você já se fez esta pergunta, talvez o youtuber Cauê Moura tenha a resposta.

5 anos e 100 milhões de acessos depois, o apresentador reflete, com seu estilo bem-humorado, sobre seu sucesso e também o de outros profissionais que vivem de suas produções na principal rede social de vídeos da atualidade.

Para simplificar, podemos afirmar que os youtubers fazem sucesso por que seu público, formado a maioria por crianças e adolescentes, se identifica plenamente com eles, adotando-os como uma das rotinas de suas vidas. Para eles, assistir um vídeo de Cauê Moura, Julio Cocielo ou Kefera representa sintonizar com alguém que retrata o seu mundo e que assume o papel de companheiro, com seu conteúdo e com sua personalidade.

Estamos em um novo momento na comunicação e vale a pena compreendê-lo.

O que é juvenóia?

O canal VSauce produziu um vídeo muito legal abordando a “Juvenóia”, ou o medo exacerbado que os adultos possuem das novidades que “influenciam” a vida dos jovens.

Sabe quando você acha que os jovens não sabem de nada e que sua geração é que soube viver e que sabe de tudo? Pois é a razão disto ocorrer que Michael Steven nos apresenta neste vídeo de média duração: nenhuma geração é melhor que outra.

Recomendo!

Como combater o mosquito Aedes Aegypti?

Dengue

Enquanto esperávamos que o combate ao mosquito transmissor da dengue surtisse efeito, eis que ele amplia seu raio de ação, trazendo outras duas doenças .

A melhor forma de se proteger do mosquito é evitar que ele se desenvolva, ou seja, eliminar os focos de larvas. O uso de inseticidas, por exemplo, não é uma boa forma de eliminar o Aedes aegypti adulto, já que estas substâncias estão gerando mosquitos resistentes. Além disso, o uso de inseticidas causa sérios danos à natureza. As contra indicações são as mesmas no caso de uso em larvas.

Assim, a melhor maneira de combater o mosquito adulto é eliminar as águas paradas, ou seja, os criadouros do mosquito. Não havendo água parada, as fêmeas não têm um lugar adequado para que seus ovos se desenvolvam e assim, a população de mosquitos adultos vai sendo reduzida até não representar mais perigo.

Porém, existe uma série de medidas que, embora não impeçam totalmente, dificultam a transmissão da dengue, chikungunya e zika, pelo menos a dificulta. São estas:

a) O uso de espirais ou vaporizadores elétricos: devem ser colo
cados ao amanhecer e/ou no final da tarde, antes do pôr-do-sol, horários em que os mosquitos mais picam.
b) Mosquiteiros: Devem ser usados principalmente nas casas com crianças, cobrindo as camas e outras áreas de repouso, tanto durante o dia quanto à noite.
c) Repelentes: Podem ser aplicados no corpo, mas devem ser adotadas precauções quando utilizados em crianças pequenas e idosos, em virtude da maior sensibilidade da pele.
d) Telas: Usadas em portas e janelas, são eficazes contra a entrada de mosquitos nas casas.
e) Ar condicionado: O uso do ar condicionado inibe o mosquito, pois baixa a temperatura e a umidade do ar, mas não o mata. Ele tem mais dificuldade para detectar onde estará a possível vítima de sua picada. Estes aparelhos apenas espantam o mosquito que poderá voltar em outro momento quando eles estiverem desligados.