Ônibus Rosa da Marechal Brasília vira brinde aos passageiros

Na semana passada, discuti com Fábio Luciano, gestor da área de Excelência Operacional da Viação Marechal Brasília, onde trabalho, a idéia de elaborarmos uma miniatura em papel do ônibus rosa, que tanto tem atraído a atenção das pessoas nos últimos dias. Fábio ficou entusiasmado com a idéia e parti para a concepção da peça.

No dia seguinte, já elaborei a arte do ônibus, com muito cuidado com os detalhes. Em seguida, apresentei e a diretoria da empresa aprovou a idéia e o orçamento de produção.

Nesta semana, recebemos 2.000 exemplares da peça e a distribuimos para passageiros e funcionários. Ontem, acompanhei pessoalmente a distribuição pelos cobradores de cada viagem do ônibus rosa e pude ver a satisfação dos usuários ao receber a peça já cortada e com os vincos, esperando apenas a sua dobra para virar uma peça de papelmodelismo.

A peça foi mais um toque criativo que a Marechal Brasília deu ao movimento Outubro Rosa. Fiquei muito feliz por criá-la e executá-la.

CAM01079

Marechal Brasília lança campanha Outubro Rosa

No dia 14 de outubro de 2015, a Viação Marechal Brasília lançou sua adesão ao movimento Outubro Rosa, destinado a conscientizar a população feminina a se prevenir contra o câncer de mama.

Com ação de assessoria de imprensa, lançamos a campanha utilizando o ônibus rosa como elemento de impacto e ilustrativo. Como local escolhido, marcamos com 5 equipes de TV locais entrevistas entre a Estação Rodoviária de Brasília e o Conjunto Nacional, shopping tradicional da cidade.

Acompanhei as entrevistas, que foram dadas pela coordenadora do projeto, minha colega Rana Zelaya, que no vídeo abaixo fala sobre a campanha a repórter da Rede Globo.

Ficou pronto!

No dia 13 de outubro, o ônibus 443383 da Marechal Brasília enfim estava com sua nova cor.

Ao sair da garagem, chamou a atenção dos funcionários, pois muitos ainda não sabiam que estávamos envelopando o veículo nos últimos 3 dias.

Agora, era só apresentar a novidade à população através da imprensa. Mas isto já estava providenciado por nossa assessoria.

Envelopando o ônibus rosa

Os dias escolhidos para envelopar o ônibus articulado da Marechal Brasília foram 10, 11 e 12/10/15.

O trabalho é complexo, pois aplicar o adesivo uniformemente, sem “bolhas”, exige os 3 Ts: talento, técnica e tranquilidade. E isto a equipe da SpeedPress demonstrou.

Acompanhei o trabalho da equipe e posso constatar a complexidade que é uma proposta aparentemente tão simples como adesivar um veículo.

No vídeo abaixo, apresento um pouco dos bastidores da atividade.

Ônibus Rosa começa a circular pelas ruas do DF

Elias_Onibus2

Começa a circular nesta quarta-feira (14/10) um ônibus articulado rosa, de 18 metros. A iniciativa faz parte das ações do Outubro Rosa, da Viação Marechal, e tem como objetivo conscientizar as mulheres sobre a importância de realizar os exames preventivos ao câncer de mama.

O ônibus deverá circular por várias cidades do Distrito Federal e os cobradores entregarão para as usuárias um panfleto com informações sobre os exames preventivos e uma rosa.

A empresa também estimulou os colaboradores a usarem rosa, cor da campanha, todas as sextas-feiras do mês de outubro. Uma especialista em câncer de mama fará uma palestra para os colaboradores para estimular a prevenção e ensinar o exame do toque. A ação vai até o dia 31 de outubro e deverá ter continuidade nos próximos anos.

 

 

Senado aprova projeto que regulamenta profissão de designer

designer

O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (30) o projeto que regulamenta a profissão de designer. O Projeto de Lei da Câmara (PLC) 24/2013, do ex-deputado Penna (PV-SP), determina que somente os titulares de curso superior, ou pessoas com experiência mínima de três anos até a data de publicação da lei, possam exercer a profissão de designer. O projeto agora segue para sanção presidencial.

Pela proposta, fica vedada a entrada no mercado de trabalho de pessoas sem a adequada qualificação para realizar atividades envolvendo desenhos industriais, pesquisa, magistério, consultoria e assessoria, conexas aos desenhos. Além disso, o fruto do trabalho do designer passa a ser protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei 9.610/1998).

Os diplomas de graduação que serão considerados válidos são os emitidos pelos cursos de Comunicação Visual, Desenho Industrial, Programação Visual, Projeto de Produto, Design Gráfico, Design Industrial, Design de Moda e Design de Produto, reconhecidos pelo Ministério da Educação. O projeto ainda prevê punição para a pessoa física ou jurídica que usar a denominação designer ou empresa de design sem cumprir os critérios estabelecidos na lei.

Fonte: Agência Senado