Drone cegonha da Dove surpreende mães

A Dove presenteou mães e filhos que passeavam pela Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, durante ação para apresentar seu novo produto, o Dove – Baby Dove. O embrulho chegava de uma forma inusitada e lúdica: carregada por um drone em formato de cegonha. A iniciativa marcou o lançamento da marca da Unilever.

O Brasil foi o primeiro mercado da companhia a anunciar, em novembro de 2014, o lançamento da linha exclusiva para bebês composta por shampoos, cremes, loções, pomadas e sabonetes, em um total de 19 itens que já estão à venda em todo o país. A ação, criada pela agência F.biz, aconteceu no último dia 21 e foi registrada em vídeo e pode ser conferida acima.

Anúncios

Red Bull investe em equipe de futebol

RB

Após investir em uma escuderia novata e dominar a Fórmula 1 por algumas temporadas, a Red Bull agora investe em uma equipe de futebol. Fundado em 2007, o Red Bull Brasil estreia no Paulista em 1º de fevereiro, contra o Capivariano, outro time que veio da Série A-2 do Paulista. Assim, o time de Campinas celebra a conquista da primeira etapa de seu projeto esportivo no país, que almeja a elite em âmbito nacional e atrair torcedores com um novo conceito de espetáculo. E nesse projeto, o êxito da marca na F1 representa uma inspiração assumida.

No futebol brasileiro, o grande desafio é atrair um novo tipo de torcedor, com a oferta de um espetáculo mais caprichado em relação aos padrões convencionais dos estádios do país.

O clube novato firmou parceria com a Ponte Preta para usar o estádio Moisés Lucarelli como casa até 2017. No entanto, em caso de confronto entre os clubes, a centenária equipe de Campinas mantém o vestiário número 1 e não mexe no lugar de seus torcedores na arquibancada.

No elenco que trabalha para o Campeonato Paulista, o nome mais conhecido é o do zagueiro Fabiano Eller, ex-Inter e Santos. O grupo também conta com o atacante Gabriel Barcos, uma espécie de “pirata genérico”, em menção ao argentino do Grêmio.

A participação de estreia do time na elite paulista está nas mãos de Maurício Barbieri, jovem técnico de apenas 33 anos, com passagem pelo Audax do Rio. O treinador está no clube desde 2013 e foi o responsável pelo acesso do “Toro Loko”.  O primeiro desafio contra um grande do Estado acontecerá na 3ª rodada, diante do Santos, na Vila Belmiro. A tabela da primeira fase também prevê que o Red Bull receba o Palmeiras no Moisés Lucarelli.

A nova investida marca uma série de estratégias ousadas e ambiciosas para a marca manter a participação de 44% no mercado brasileiro de energéticos, uma categoria praticamente criada pela Red Bull. Mais um ponto para a marque “que te dá asas”!

Marketing público: meu novo desafio

Elias

Um dos conceitos menos conhecidos na gestão moderna é Marketing Público. Até pouco tempo, eu duvidava da validade desta expressão, uma vez que a Comunicação Pública já cumpre o papel de comunicar e mobilizar o cidadão a utilizar os serviços governamentais.

Agora, diante de um novo desafio à frente do Setor de Comunicação e Marketing da Auto Viação Marechal, em Brasília, revejo meus conceitos e constato que o Marketing Público é um novo paradigma para empresas concessionárias de serviços. Como no Distrito Federal as empresas de transporte público de passageiros são remuneradas pelo volume de pessoas transportadas, seu desafio é estimular passageiros de outras companhias a utilizarem seus veículos e motoristas a deixarem seus carros na garagem.

A tarefa não é fácil, pois além de seus desafios internos de qualidade, fatores externos históricos relacionados à credibilidade do transporte coletivo trabalham na corrente contrária de nossos esforços empresariais.

Há um caminho possível. E trabalharei nele para construir uma nova história. Afinal, é sempre bom viver um novo tempo em boa companhia.

10 tendências para o marketing em 2015

2015

Todo ano, diversos eventos costumam influenciar comportamentos e percepções sociais, gerando novas oportunidades no mercado. Com base em relatório da trendwatching.com, listamos as 10 maiores tendênciaspara 2015 na América Latina. Nosso expertise é apontar novos caminhos que vão contribuir para o fortalecimento das marcas. Cada uma dessas tendências indica uma oportunidade de açāo e inovação a ser criada e adaptada pelas marcas de todos os setores.

Conheça as 10 maiores tendências de consumo e inovação para 2015:

  1. IN-HAND BRANDS

Sirva os consumidores no lugar certo e na hora certa. Enquanto as expectativas dos consumidores crescem nas Américas do Sul & Central, a paciência deles diminui. Marcas espertas estão integrando-se à vida das pessoas com um preciso senso de urgência. Em 2015, os consumidores irão demandar marcas que acrescentem recursos e criem atalhos que acelerem as entregas. E as melhores delas estarão onde e quando forem requisitadas, antes mesmo dos consumidores saberem que as querem.

  1. BRIGHT IS BEAUTIFUL

Ajude a alimentar o amor pelo conhecimento como status. O que isso significa para as marcas em 2015? Além de integrar o aprendizado e experiências literárias ao dia a dia dos consumidores, pense como você pode ajudar os consumidores a expressar (ou exibir) seus conhecimentos. Você pode ajudá-los a fazer isso via redes sociais? Na América Latina, as pessoas gastam mais tempo nelas do que em qualquer outro lugar do mundo, em torno de 8.67 horas por mês (comScore, julho de 2014). E se a oportunidade estiver no universo offline? Até mesmo um par de jeans pode ser usado para exibir o amor pela literatura.

  1. RECONCILIATION BRANDS

Tome uma posição na luta contra a desigualdade. Apesar de todo o progresso das Américas do Sul & Central, há ainda muita desigualdade e barreiras que separam a população da região. Dificuldades financeiras, desigualdade e preconceitos. Em 2015, as marcas não podem ignorar essas questões. A lacuna entre ricos e pobres é uma questão séria para 68% dos brasileiros (Pew Research, junho de 2014). Marcas corajosas (grandes e pequenas) irão abraçar esta discussão.

  1. DEMOCRATIC PRICING

Deixe os consumidores opinarem. Depois de viver anos de flutuação de preços, consumidores das Américas do Sul & Central estarão confiantes de que sabem o quanto produtos e serviços devem custar. Esses consumidores demandarão das marcas a possibilidade de participar da precificação de produtos. Estando confiante em sua oferta e respeito por seus consumidores, deixe que eles mostrem o quanto valorizam sua marca.

  1. INSIDE OUT

Ajude os urbanoides a aproveitar espaços ao ar livre. Os latinoamericanos andaram se escondendo (especialmente da violência urbana) em shoppings, em seus carros no trânsito e em condomínios nos últimos anos. Mas, desde 2013, esses consumidores estão redescobrindo o valor de ir às ruas. Em 2015, como você vai ajudar os seus consumidores a aproveitar o espaço público?

  1. PLAYFUL PERKS

Nas Américas do Sul & Central, as marcas muitas vezes recorrem a um tom sério no seu discurso, com o objetivo de serem vistas como profissionais e respeitáveis. Interações com marcas devem ser humanas: 73% dos consumidores do Brasil esperam que as marcas construam relações significativas com eles. (Edelman, outubro de 2014). Em 2015, as HUMAN BRANDS (“marcas humanas”) irão além das piadinhas com fãs e seguidores online, e vão estimular os consumidores com recompensas divertidas e interações surpreendentes.

  1. CITY CONNECTIONS

Os solitários moradores das cidades irão amar marcas que possam uni-los. Graças à contínua urbanização das Américas do Sul & Central e ao ritmo das grandes cidades (muito trabalho, pouco tempo livre), é comum que moradores não conheçam seus vizinhos. Sua marca é amigável o suficiente para ajudar as pessoas a se conectar? Quanto mais conexões você fizer, mais você será amado.

  1. OK COMMUTER

O cruzamento entre varejo e transporte é certamente uma das novas áreas mais interessantes a serem exploradas nas Américas do Sul & Central. Consumidores da região estão adotando novas formas de METRO MOBILITY (de apps de táxi e corridas compartilhadas à crescente adoção do transporte público). Conforme o status associado ao transporte muda da posse do carro a ter experiências únicas, a habilidade de comprar durante o trajeto será uma experiência valorizada. Em 2015, latinoamericanos irão abraçar marcas que se encaixem perfeitamente em suas jornadas.

  1. ONLIFE SERVICE

Acrescente controle e conveniência à vida online dos consumidores. Em 2015, enquanto os consumidores desejarem marcas que os ajudem a gerenciar suas vidas online, eles também irão esperar ser servidos e assistidos com total conveniência. As marcas devem ajudá-los a usar a tecnologia de maneira segura, mais saudável e mais produtiva.

  1. BRAND STANDS

Esteja comprometido com as mesmas causas que seus consumidores. De acordo com a pesquisa do Pew Research Center de junho de 2014, 72% dos brasileiros estão insatisfeitos com o país. Eventos como a Copa do Mundo e a Olimpíada que se aproxima fizeram os consumidores das Américas do Sul & Central (não apenas do Brasil!) repensar o uso dos espaços públicos e a infraestrutura local, causando grande desejo de melhorar a região para que isso seja motivo de orgulho nacional. Em 2015, os consumidores irão esperar que as marcas provem que são comprometidas com as mesmas causas que eles.

(Fonte: Luciana Stein)