O teste da bomba

Um anúncio de oportunidade criativo movimentou o Rio de Janeiro na década de 80. Uma residência da cidade de Petrópolis explodiu, sem vítimas, devido a um butijão de gás que provavelmente alguém esqueceu de desligar. À época, a mídia deu ampla cobertura ao evento. Um fotógrafo do jornal O Globo, para dar maior dramatiidade ao fato, fotografou a residência em ruínas tendo em primeiro plano uma cadeira tubular, na cor preta, intacta.

Antenados, os profissionais da agência de propaganda que atendia o fabricante da referida cadeira (Móveis Tubeline) propuseram imediatamente a este um anúncio de oportunidade. O anunciante aprovou e a agência veiculou, no dia seguinte, com o fato ainda “fresco” na memória do público, o anúncio. Tendo adquirido os direitos da foto publicada no dia anterior, a agência a estampou com um recorte da matéria do jornal e apenas um título: “O teste da bomba”.

Este anúncio é antológico e um bom exemplo de aproveitamento do fato jornalístico em benefício do anunciante.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s