O desafio de comunicação do Papa Francisco

Papa

Em visita ao Brasil desde ontem, o Papa Francisco tem um belo desafio de comunicação pela frente. Em meio a manifestações que movimentam o país, o Sumo Pontífice tem a missão de motivar uma juventude com um discurso que requer simplicidade e modernidade.

A tarefa não parece incomodar o Santo Padre, que tem exatamente nestas características o traço de sua personalidade. Sua principal frase ontem foi:  “A Igreja não será babá de ninguém”, acenando para um liberalismo que a Igreja tende a adotar.

Cabe ressaltar a preocupação do representante da igreja em apresentar uma imagem despojada e humilde, típica da Ordem Jesuíta, da qual proveio. A nova imagem, em contraste com o dirigente máximo anterior, apresenta o desejo de renovar uma Igreja que é atacada por todos os lados em seus dogmas. A Igreja Católica, aliás, é, provavelmente, a última das instituições que se mantém firmes em sua postura dogmática.

Francisco não se furtará a reforçar os dogmas da Igreja, ao mesmo tempo em que buscará apresentar um ajustamento de sua instituição à modernidade de um mundo carente de líderes exemplares.

Como dizia uma música da MPB, “a multidão precisa de alguém mais alto a lhe guiar”. Francisco parece ser “o cara” que conduzirá a juventude católica a encontrar caminhos de vida com maior espiritualidade e menos materialidade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s