Adeus a Niemeyer

As curvas mais famosas do Brasil não eram as da estrada de Santos, que Roberto Carlos cantava, tampouco eram as da Garota de Ipanema, imortalizada por Vinícius de Morais. As curvas mais notórias do país eram aquelas que Niemeyer traçou para Brasília, uma obra-prima única no cerrado brasileiro que Oscar imortalizou na arquitetura mundial.

Hoje perdemos um dos criadores de Brasília. Nós que moramos na Capital Federal nos identificamos com a arquitetura que Niemeyer nos deixou, uma marca que será eterna em nossos corações e em nosso dia a dia. Adeus, Niemeyer. Deus tem novos projetos para você, poeta da arquitetura!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s