O que esperar da criação da Secretaria da Micro e Pequena Empresa

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite de ontem, quarta-feira (7), o projeto do Executivo que cria a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, com status de ministério.

A proposta terá agora de ser apreciada pelo Senado, onde provavelmente será aprovada e encaminhada para sanção da presidente Dilma Rousseff. Mas o que podemos esperar da criação deste órgão?

Criado para abrigar um representante do partido PSD, de Gilberto Kassab, estratégico para a governabilidade da presidente, a secretaria comporá as 40 pastas da Esplanada dos Ministérios.

Atualmente, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior é o responsável pela coordenação da política  da micro e pequena empresa.

São vários os desafios que esperam Afif Domingos, o provável titular do novo órgão. Com experiência em gestão de empresas e em entidades de classe, Afif Domingos terá a chance de desenvolver um dos principais setores da economia e alavancar mais empregos em um período da economia que exige cuidados na condução das políticas governamentais. Resta-nos saber se a verba destinada à Secretaria será suficiente para as pretensões do novo componente da equipe ministerial.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s