A “aemização” das rádios FM

Se a participação das rádios FM no bolo publicitário não é a desejada pelos empresários da radiodifusão, o que dizer, então, da situação das rádios AM?

As primeiras emissoras AM (“amplitude modulation”) no Brasil datam da década de 20 do século passado, enquanto as rádios FM (“frequency modulation”) surgiram apenas 50 anos depois. A qualidade do som estéreo e blocos de música maiores que os de anúncios comerciais (“spots”) atraiu boa parcela do público sedento por novidades eletrônicas na década de 70. Associado a proliferação de produtos de áudio com maiores recursos, as ondas FM, aos poucos, ganhou a preferência dos mais jovens e dos ouvintes “inovadores”.

As emissoras de rádio FM se segmentaram por idade e por tipo de conteúdo irradiado. Com isto, puderam se reinventar e formaram grandes redes nacionais, como CBN, Jovem Pan e Transamérica, apenas para citar as de maior alcance nacional. Este crescimento, porém, ocorreu às custas da conquista de público das rádios AM, que ainda se encontram utilizando som mono. Algumas emissoras deste segmento tentaram implantar as rádios AM estéreo, porém tardiamente. Com o advento da internet, o espaço das rádios FM ampliou-se, com websites bem formatados e promoções permanentes visando a fidelização do público. As rádios AM, porém, não conseguiram se ajustar a esta nova plataforma.

O que se constata hoje é a migração de profissionais e programas das rádios AM para as rádios FM, em um processo que pode encerrar as possibilidades econômicas das emissoras AM, que passarão a ser apenas extensões das redes FM, como já ocorre com a rede CBN, que, em Brasília e em outras capitais, possuem transmissões em ambas as frequências.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s