Apagão no design brasiliense?

As ofertas de emprego nos sites dedicados ao segmento publicitário não deixam dúvidas. Há uma carência de designers no mercado brasiliense. No site Como é que Tá Lá, por exemplo, a maior parte das vagas destina-se àquela profissão. Será que estamos enfrentando um apagão de talentos no mercado ou os empregos oferecidos não estão sendo atraentes para os dedicados e experientes designers da cidade?

Recentemente, uma professora da UCB me relatou que seu irmão, designer com experiência internacional, chegou a ouvir proposta de emprego com remuneração de R$ 800,00.

É provável que esteja ocorrendo, na verdade, uma desvalorização da profissão, exigindo dos profissionais uma maior organização e defesa de sua atividade. A hora é agora!

Anúncios

Um comentário sobre “Apagão no design brasiliense?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s