Como vender um carro usado

tipo

O título acima é pretensioso, mas utilizo-o apenas para chamar sua atenção para um “case pessoal de sucesso”.

No mês de março de 2006, possuía um Fiat Tipo 1996, o qual necessitei vender por necessidade financeira. Moro ao lado de um local onde no domingo se realiza uma feira tradicional de automóveis em Taguatinga, conhecida hoje como Feira de automóveis do Pistão Sul. No domingo, dirigi-me ao local e fiquei lá por toda manhã expondo meu veículo. Para isto, lavei o carro e deixei-o o mais vistoso possível.

O resultado não foi animador: poucas pessoas pararam para vê-lo e sequer perguntaram algo sobre o produto. Repeti a operação por outros três domingos, sem resultado. Lembre-me, então, de um personagem chamado Adams Óbvio, que era capaz de observar o óbvio que ninguém notava nos fatos e nas coisas. Pensei: “o que é óbvio que não estou percebendo?” Reparei, então, que a feita exibia centenas de veículos tão reluzentes como o meu, devidamente lavados, encerados e até “maquiados”. Ou seja: todos estavam iguais.

Decidi, então, radicalizar. No sábado, resolvi não lavar o veículo. Pelo contrário: fiz questão de transitar com ele por locais enlameados e poeirentos. No domingo, expus o veículo no estado em que se encontrava, o que o fez contrastar com os demais produtos em exposição. O contraste funcionou: em menos de duas horas, cerca de 15 pessoas demonstraram interesse no veículo e pegaram o número de meu celular para futuro contato.

Na quinta-feira, seguinte, vendi o veículo para um dos interessados.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s