Qualidade não é mais vantagem competitiva

Qualidade

O termo “vantagem competitiva” foi cunhado pelo acadêmico americano Michael Porter na década de 90 e consiste no desenvolvimento de um diferencial no produto ou serviço que gere uma vantagem duradoura para a empresa que o oferece, em relação aos concorrentes.

Apesar de ser um atributo importante, a qualidade já não é mais vantagem competitiva, uma vez que as empresas já assimilaram a necessidade de atender a requisitos mínimos de eficácia de um produto.

Assim, possuir um produto de qualidade não é mais diferencial, e sim uma obrigação das empresas.

O desafio, hoje, é conseguir estabelecer diferenciais perceptíveis pelo cliente e, se possível, duradouros.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s