Exposição comemora 30 anos de Guerra nas Estrelas

Estreou, no dia 5, no Porão das Artes, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, a Star Wars Exposição Brasil, mostra destinada aos aficcionados pela saga escrita por George Lucas. É oportunidade de reviver um pedacinho das aventuras com sabres de luz, naves interestelares e exércitos de andróides que encantaram milhões de fãs ao redor do mundo.

O evento é promovido pela Admirável Entretenimento e traz, pela primeira vez na América Latina, 200 peças originais usadas nos episódios da balzaquiana Star Wars, série de ficção científica que completou 30 anos em 2007. Guerra nas Estrelas foi o primeiro filme de ficção científica que assisti no cinema e fiquei encantado com a magia provocada pelos efeitos especiais da Industrial Light and Magic, de George Lucas. Para quem pode estar em São Paulo neste período, eis uma boa dica.

Anúncios

Minha Monte Carmelo

MonteCarmelo

No início de fevereiro, bateu-me a saudade e, após 20 anos, resolvi voltar a Monte Carmelo, minha cidade natal, para revê-la e apresentá-la à minha esposa e filhas. Com cerca de 50 mil habitantes, Monca é uma importante cidade do triângulo mineiro e famosa por suas cerâmicas (tenho certeza de que em sua casa tem uma telha de Monte Carmelo!).

Carregando nas costas o peso do crime ambiental do excesso de extração de argila para suas cerâmicas, a cidade hoje exibe um modesto progresso, típico de cidades do interior que não são metrópoles. Gilcéia, Natália e Laura gostaram de lá e pretendemos voltar logo para apreciá-la por mais tempo.

Mas a viagem não poderia ser completa sem uma visita ao túmulo de meu pai, que falecera quando eu tinha cinco anos. Saí confortado por me sentir mais próximo dele e ver que seu jazigo estava bem cuidado e bonito. Afinal, ele merece! Que ele descanse em paz e nos abençoe, de lá do céu!

Hoje é o Dia Internacional da Mulher

Hoje gostaria de homenagear quatro mulheres importantes em minha vida. A primeira é minha esposa Gilcéia, minha alma gêmea, mulher de todas as minhas vidas. A segunda é Karine, minha filha mais velha, que entre outros feitos, colocou meu neto Davi no mundo o tornou mais alegre. A terceira é Nathália, que iniciou este ano na carreira universitária, cursado Engenharia Ambiental e com um belo futuro pela frente. Por último, Laura, minha caçulinha, a alegria e pessoa, que termina este ano o ensino médio. A todas vocês, minhas queridas, meus parabéns pelo seu dia. Amo vocês!

Um sonho que se realiza

Desde que comecei minha carreira docente, no curso de Comunicação Social da UCB, sonhava em realizar uma excursão para São Paulo, onde visitássemos agências de propagandas, produtoras de áudio e vídeo, gráficas e outros fornecedores publicitários.

Estou na UCB há 6 anos, mas somente nos últimos meses conseguimos reunir as condições ideais para viabilizá-la. Incumbi a agência Unitour – Turismo Universitário de elaborar a “logística” da viagem, indiquei nomes de empresas a visitar e desde dezembro começamos a intensa negociação para sermos recebidos por bons anfitriões. Na semana passada, terminamos de formatar a viagem e apresentamos à direção do curso, que, entusiasmada, apresentou a idéia à diretoria administrativa da Universidade, que também ficou empolgada.

Na quinta-feira, divulgamos para os alunos de Publicidade e Propaganda e obtivemos na ocasião, quase 60 pré-inscrições. Ontem, dia de acertos financeiros dos alunos com a organização da viagem, fomos surpreendidos por uma avalanche de alunos interessados em viajar e com dinheiro e cheques na mão. A responsável pelas inscrições, Vanda, ficou quase maluca com tantos alunos à sua volta. O resultado foi surpreendente: 2 ônibus com 68 alunos irão no dia 6 de abril conhecer o melhor do mercado publicitário de São Paulo.

Um sonho que se realiza e que será, sem dúvida, inesquecível!

Saraiva compra a Siciliano

Depois de uma negociação longa, que se arrastou por quase um ano, a Saraiva comprou a Siciliano, a maior rede de livrarias do país. Pagou 60 milhões de reais. São 63 lojas, em quatorze estados brasileiros – quase o dobro do número de lojas da Saraiva, que é dona de 36 lojas. Com a compra, a Saraiva passa a ter 20% do mercado livreiro do país.

Segundo dois grandes editores nacionais, a conseqüência boa do negócio é que a inadimplência da Siciliano com as editoras, de 13 milhões de reais, chega ao fim. O efeito ruim: o poder de fogo da Saraiva  sobre as editoras é agora o de uma bomba atômica. Além das livrarias, no pacote de venda estão as editoras Arx, Futura, Caramelo e Arxjovem, que faturaram 5 milhões de reais no ano passado. A rede de livrarias da Siciliano faturou 156 milhões de reais.

Há vários anos, a Siciliano vem passando por uma crise interna. Em 2000, a família Siciliano decidiu profissionalizar a empresa, que acumulava uma dívida nas alturas. Mas a tentativa naufragou – a família, na verdade, não conseguiu afastar-se totalmente e passou a brigar entre si, inclusive na Justiça. De um lado, estava Osvaldo Siciliano e um de seus filhos (detentores de 20% da empresa). Do outro, o resto da família.

Shimabuko

Nos tempos românticos das artes gráficas, em plenos anos 80, convivi com pessoas interessantes. Uma delas foi Ernesto Shimabuko.

Recentemente, encontrei Shin no Orkut e descobri que está em São Paulo, depois de ter morado em Alto Paraíso de Goiás. Trabalhamos juntos na gráfica do meu irmão Teodoro.

Temos muitas coisas em comum. Uma delas é o lado místico. Até onde tive contato com ele, soube que era da Igreja Messiânica, mas creio que agora está em outra. Também tive um lado de minha vida bem místico, quando viajei para a Chapada dos Veadeiros, em Goiás, e encontrei um lugar mágico. Curiosamente, depois desta viagem, encontrei Gilcéia, minha alma gêmea.

Voltando ao amigo Shin, ele possui um blog interessante:  http://sheshin.blogspot.com/ .

Acesse e conheça-o melhor.